domingo, 5 de março de 2017

04 03 2017
Leonte ... Cabana/Prado do Vidoal

Havia previsão já a meio da semana para as terras altas de queda de neve...queria-mos ir até ao Gerês ver neve.

Pensei em Minas dos Carris ou antenas Borrageiro, Prado do Conho. Choveu e ventou bastante de sexta para sábado. De manhã havia a indecisão de ir ou não. Ou ficávamos em casa a azedar ou arrancava-mos sendo que depois de lá estar via-mos as condições.

Na viagem decide não ir para as Minas dos Carris, talvez a neve estivesse muito alta

Nada havia-mos preparado, mas vamos...botas nos pés, agasalhos e siga...paramos na Trofa para comprar fruta e pouco mais. Nova paragem no Montalegrense para o habitual café e comprar pão tendo de lá saído já passava das onze da manhã.

Casa de Leonte meia hora da tarde, com algum movimento de ocasião, iniciamos a subida da encosta até ou Prado do Vidoal ou Mourô. Quanto mais subia-mos mais neve se via acumulada...chegados ao Prado...de cortar a respiração tamanha a beleza.

Mastigamos umas frutas e o que pensava fazer inicialmente, subir para ver o Vale Teixeira, deu em nada...começou a ficar muito frio e do lado da Amarela o céu via-se tenebroso ou seja adivinhava-se tempo menos bom.

Alegremente inicia-mos a descida de regresso. Chegados á estrada (Casa de Leonte) eram ao magote...arremessavam bocados de neve uns a outros...grunhiam bem alto palavrões como se estivessem...sem se importarem com os demais...chegamos á civilização...quero ir lá para cima, lá é o Paraíso...

Ficam as fotos de um tempo bem passado...


                       "clicar na imagem para a visualizar maior"


















































































































2 comentários:

Sílvia T. disse...

Cruzamo-nos convosco. Iamos a subir com a nossa Mel e voces a descer :) foi um prazer.

CHEIRO DA MONTANHA disse...

Obrigados...e vemos-nos ai por esses caminhos...